Jorge Cardoso

chef chocolatier

Foi durante as primeiras experiências, enquanto estudante de pastelaria, que descobriu a paixão pelo chocolate, dando nas vistas graças ao seu grande potencial criativo.

O seu talento abriu-lhe o caminho dos títulos que começou a arrecadar desde muito cedo: Jovem Esperança da Arte de Trabalhar o Chocolate em Genebra em 2013; Melhor Estudante do Curso de Pastelaria da região de Fribourg (Suíça), em 2014; Vice-campeão suíço de Pastelaria, no SwissSkills Bern, em 2014.

Representou a Suiça na Coupe d’Europe de la Pâtisserie 2016 e 2017, onde obteve o 4.º lugar e o 3º lugar (Medalha de Bronze), respetivamente. Esta atuação tornou Jorge Cardoso no 1º português a representar e a levar a Suíça ao podium, no maior concurso de Pastelaria ao Mundo.

Em 2018, representou a Suíça no Culinary World Cup no Luxemburgo, onde ganhou o título de Campeão do Mundo de Esculturas Artísticas, tornando-se o primeiro português a ganhar este prémio e o primeiro a oferecer este prémio à Suíça.

Jorge Cardoso trabalhou com um dos melhores mestres chocolateiros, David Pasquiet e, atualmente trabalha como Chef/Mestre chocolateiro na Pastelaria/Chocolataria Suard, Fribourg-Suiça.

Fruto de um percurso brilhante de alguém atraído pela excelência, ilustre embaixador do sucesso no trabalho dos portugueses que emigraram, Jorge Cardoso é um chocolateiro português entre os melhores do mundo e , desde 2017, demonstra a sua arte e mestria em workshops e esculturas em chocolate que produz para o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos.